22 Mar, 2019

Dor na ponta dos pés é mais comum em mulheres, aponta pesquisa

Com o salto como maior vilão, cerca de 25% diz sentir dores intensas

Ficar em cima do salto alto por algumas horas pode ser um desafio, pois  o uso frequente desse calçado pode fazer com que apareçam dores, incômodos, e até lesões nos pés, como a metatarsalgia, uma condição muito comum em mulheres. A metatarsalgia é uma inflamação na ponta dos pés que acontece devido ao excesso de pressão nesta região. Pessoas com pés cavos, sobrepeso, idosos e corredores também estão mais propensos a desenvolver esse problema.

De acordo com a pesquisa “O salto alto e a mulher brasileira”, realizada com 3316 brasileiros e desenvolvida em 2017 pela empresa de palmilhas ortopédicas Pés Sem Dor, as mulheres são o público mais atingido pelas dores nas pontas dos pés. O salto alto é o principal causador desse problema. Cerca de 75% delas,  dizem sentir dores mesmo quando não usam o salto.

Além disso, outro dado importante é que 62,1% das mulheres que sentem dores nos pés usando salto alto não conseguem permanecer mais de duas horas em pé sem sentir dores, sendo que 100% indicaram dor em algum osso do metatarso. Essa dor pode evoluir para uma metatarsalgia, e se não tratada, pode causar lesões no nervo da ponta dos pés.

O uso desses calçados e o sobrepeso são os principais motivos dessa condição. "As mulheres têm em média 7,4 pares de sapatos de salto. 95,7% delas sentem dores nos pés quando usam esse tipo de calçado", explica Mateus Martinez, Diretor de Fisioterapia da Pés Sem Dor.

A intensidade da dor, segundo a maioria das mulheres ouvidas pela pesquisa, é mediana - cinco, em uma escala de 0 a 10. Porém, 25,3% das respondentes disseram que sentem dor intensa (7 a 10).

Alguns cuidados são importantíssimos para não sofrer com a metatarsalgia. "Estar em um peso adequado e evitar calçados com solado fino e com salto são algumas das recomendações. Já os esportistas devem adaptar a carga e o tempo de atividade de acordo com a sua capacidade", alerta Martinez.

Apesar da metatarsalgia aparecer como uma das lesões mais comuns nas mulheres que usam salto, outras condições também aparecem com frequência, tais como dores no tornozelo (46,17%), dores no joelho (37,6%), dores na coluna (44,8%), calos (41,5%) e bolhas (61,9%).

A pesquisa "Saúde e qualidade de vida: A relação com os pés, tornozelos e joelhos" foi realizada em 2017 e ainda traz dados sobre dores, condições e características dos pés, tornozelos e joelhos. Dicas de prevenção ou alívio de dores estão disponíveis em pessemdor.com.br/dores/diagnostico-de-dores/metatarsalgia/

Website: http://pessemdor.com.br/dores/diagnostico-de-dores/metatarsalgia/

Tags: Wire, Portuguese